Como chamar clientes para loja

Como chamar clientes para loja infantil: 6 estratégias para seguir

Saiba como chamar clientes para loja com estratégias eficazes

Sempre quando falamos de ações para aumentar as vendas digitais, citamos a importância de criar um site responsivo, fazer presença nas redes sociais e cuidar do relacionamento com os clientes. 

Mas e no ponto físico? Como chamar clientes para loja e atingir resultados ainda melhores?

A verdade é que o ponto de venda, também conhecido como PDV, é uma das partes mais importantes de qualquer corporação. De acordo com o provedor de análise de varejo global RetailNext, 94% de todas as compras ainda são feitas em lojas físicas. 

As pessoas gostam de tocar nos produtos, vê-los ao vivo, e ter uma satisfação imediata ao comprá-los. Afinal, mesmo com a entrega em apenas um dia de sites de compra, nada supera a proposta de sair com um objeto de uma loja física. 

No universo infantil, isso não é diferente. Na verdade, isso pode até se intensificar se levarmos em conta a emoção das crianças ao ver os brinquedos de perto e as compras por impulso. 

Neste sentido, preparamos esse conteúdo que fala especialmente sobre como chamar clientes para loja infantil. Temos certeza que essas estratégias vão dar um up nas suas vendas no PDV. Confira!

#1. Cuidar do portfólio

Ter em mente o que você deseja comercializar na loja de brinquedos é uma das partes mais importantes de todo o processo. Faça uma lista de tudo que você deseja colocar nas gôndolas e busque bons fornecedores para o seu negócio, caso ainda não tenha. 

Uma dica é conferir nossa lista de brinquedos mais procurados no Brasil em 2020. Neste conteúdo, você vai encontrar vários insights do que vender no seu comércio. 

Por exemplo, brinquedos educativos são campeões em vendas pois estimulam aproximação entre pais e filhos. Então, que tal acrescentar esse item no seu portfólio de produtos? A Angie Oral Care tem várias opções para você vender em seu estabelecimento e aumentar o giro de estoque, pois têm preços acessíveis e os pais adoram opções de brinquedos diferentes.

#2. Cuidar do visual merchandising

É possível resumir o visual merchandising como um conjunto de ações voltadas para otimizar e incentivar a experiência de comprar no ponto de venda. Em outras palavras, a técnica consiste em planejar a exposição dos itens em lugares estratégicos, promovendo maiores interações com os produtos à venda. 

O objetivo do VM é captar a atenção do público, transmitir o valor da loja e aumentar os resultados. A técnica afeta todo processo de aquisição de um cliente, desde o momento que ele reconhece a loja na rua até o pagamento no caixa. 

Existem diversas atividades que podem ser realizadas para aplicar o visual merchandising no PDV. As principais são:

  • Entender o público;
  • Cuidar da sinalização;
  • Manter uma iluminação adequada;
  • Planejar como os produtos estarão expostos;
  • Manter a limpeza e organização dos espaços;
  • Estimular os sentidos;
  • Montar as vitrines. 

Dessa forma, é possível se adequar ao perfil dos consumidores, garantir uma melhor experiência de compra, posicionar a marca e até promover melhores condições para os funcionários que trabalham na loja. 

#3. Ter lojas temáticas

Podemos concordar concordar que uma loja medieval, por exemplo, atrai bem mais clientes do que uma loja sem tema, né? Estamos falando isso para lembrá-lo que a sua loja infantil precisa despertar algo no público . E isso envolve toda a parte de decoração e layout do estabelecimento.  

Por isso, aposte em temas e propostas que encantem os pequenos e transporte-os para lugares que eles veem nos filmes, desenhos e até na própria imaginação. Vale cuidar das cores, áreas de lazer e da fachada.

Existem empresas especializadas em arquitetura comercial para ajudá-lo a tirar as ideias do papel.

#4. Participar de eventos especiais

Participar e realizar eventos infantis é uma forma de promover a sua loja, pois trata-se de uma estratégia que atinge diretamente um público bastante exigente e determinado: o infantil. 

Eventos online impactam várias pessoas de uma só vez. Além disso, você pode patrocinar algum evento, tendo sua marca exposta nos veículos que o divulgam, ou pode apoiar sua execução, delineando ações que possam levar mais clientes para a sua loja infantil.

Tome cuidado com as regras de distanciamento e proteção da OMS para não aumentar as chances de contágio na sua região ou até mesmo para não levar uma multa dos órgãos fiscalizadores. Prefira eventos com controle de pessoas e disponibilize sempre máscaras descartáveis e álcool em gel. 

#5. Criar sistemas de pontuações

Uma das formas de chamar clientes para loja é construindo um sistema de pontuações. Esse tipo de estratégia de marketing é bem simples: sempre que o consumidor fizer uma compra em sua loja física ou digital, eles ganham determinado números de pontos de acordo com o valor da compra que fizeram. 

Você pode falar sobre esse benefício assim que a pessoa entrar na sua loja ou após ela realizar a primeira compra. 

Essa estratégia de marketing é bem legal para fortalecer a reputação da marca, levantar informações estratégicas dos clientes e criar uma nova experiência de consumo. Tudo isso sem grandes investimentos e de fácil implementação.

Outra opção é criar um cupom de desconto para primeira compra.

#6. Oferecer um atendimento adequado

Chamar clientes para a loja também envolve um atendimento de qualidade. Isso porque é o cliente que mantém qualquer organização viva. Assim, a excelência no atendimento se faz importante para criar e manter o público sempre presente.  

Um estudo da Salesforce mostra que 80% dos clientes consideram a experiência oferecida por uma marca tão importante quanto a qualidade dos produtos e serviços que ela oferece. Enquanto isso, 57% dos entrevistados responderam que deixariam de contratar um serviço ou comprar um produto de uma empresa caso tivessem uma experiência melhor com o concorrente. 

Os dados comprovam a necessidade de criar um bom atendimento aos clientes. Mais do que isso, é válido criar uma experiência personalizada de acordo com o perfil do seu público. Neste caso, vale montar treinamentos com as equipes para ensinar tudo sobre atendimento ao consumidor. 

O que achou das dicas? Aqui, você confere tudo sobre marketing para lojas infantis físicas e digitais. 

Uma outra dica para o seu negócio é acrescentar no catálogo de produtos os brinquedos educativos da Angie Care – eles ampliam o faturamento e ajudam a diversificar o seu nicho de atuação, atingindo os pais que procuram opções diferentes de brinquedos para os filhos. No site você confere tudo sobre isso.

Não deixe de comentar o que você achou deste artigo!

Comentários

Facebook
LinkedIn
WhatsApp