como montar uma loja de roupas infantis

Aprenda como montar uma loja de roupas infantis do zero

Segundo a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (ABIT), o segmento infantil cresce em média 6% ao ano. Entre 2013 a 2019, o setor deu um salto de mais de 45% somente no Brasil, de acordo com dados da Euromonitor. Com isso em mente, muitos empreendedores buscaram dicas de como montar uma loja de roupas infantis do zero. 

Entretanto, é necessário ter em mente que o segmento de moda infanto-juvenil é bastante dinâmico e de alta demanda. Sendo assim, a renovação contínua das estratégias e a boa preparação do negócio são fundamentais. 

Por isso, vamos mostrar como montar uma loja de roupas infantil e conseguir uma parcela desse setor em crescimento! Continue lendo e descubra as melhores práticas. Vamos lá? 

1. Faça uma pesquisa de mercado

Antes de correr para montar uma loja de roupas infantis, realize uma pesquisa de mercado para verificar quantas crianças existem na sua região. Uma forma de saber esse número é consultar o site do IBGE. Com isso, é possível mensurar o número potencial de clientes para a sua loja e se o segmento é realmente viável para a sua região.

Também é importante avaliar o público alvo. Tenha em vista a faixa etária das crianças que a sua loja atenderá, os tipos de roupas que elas costumam vestir e a renda dos pais (os verdadeiros compradores). 

Se a região escolhida é conhecida por ter moradores menos abastados financeiramente, não faz muito sentido abrir uma loja que vende roupas de grife para crianças, por exemplo.

Também vale estudar a concorrência para ver o que os outros players do segmento estão fazendo. 

2. Defina o mix de produtos

O mix de produtos faz toda a diferença na hora de fidelizar (ou não) os seus consumidores. 

Lembre-se: mesmo que você ofereça roupas infantis de qualidade, seus clientes querem encontrar tudo na mesma loja para economizar tempo.

Sendo assim, é essencial que você defina o que os seus clientes querem encontrar ao visitar a sua loja infantil. Além de oferecer um catálogo completo de roupas, procure vender outros produtos para aumentar o faturamento.

Boas opções para incluir no seu mix de produtos são brinquedos educativos. Além de ajudar no desenvolvimento das crianças, esse tipo de item é ótimo para criar uma boa percepção da sua loja e garantir um alto giro de estoque. 

A Angie tem opções excelentes para você incluir no seu mix de produtos. Aproveite para falar com um dos nossos consultores

3. Encontre bons fornecedores infantis

Ter bons fornecedores de roupas infantis direto da fábrica faz com que você tenha muito mais sucesso em seu negócio. Além disso, saber escolher o fornecedor certo traz muitas vantagens para a sua loja, como conhecer mais do mercado que está inserido. 

Sendo assim, procure um fornecedor que irá fornecer o que você precisa, sabendo dos seus prazos, entregas e objetivos. Defina tudo isso em contrato e construa uma relação de parceria onde nenhum dos lados fique na mão. 

4. Construa um time qualificado

Os funcionários são muito importantes para o funcionamento eficiente de uma loja de roupas infantis. Afinal, são eles que fazem o primeiro contato com clientes. 

Por isso, recrute vendedores e gerentes que compreendam a especificidade do público-alvo, saibam se comunicar com os pais e tenham paciência para com os pequenos.

Tanto o time de vendas quanto o time de atendimento precisa ter um bom senso e tato para tratar os clientes da loja. Portanto, faça treinamentos constantes. Leve sempre em conta o funcionamento da mente dos pais: eles sempre querem as crianças felizes.

5. Tenha alguma estratégia online

Após entender como montar uma loja de roupas infantis, cogite também abrir uma loja virtual. Com isso, você pode ter novas possibilidades de receita, já que o número de clientes que você pode alcançar pela internet é bem maior do que na loja física.

Sendo assim, procure criar estratégias de vendas exclusivas para o meio online, com bom atendimento e promoções. Para isso, vale escolher a plataforma de venda ideal – ela tem que ser flexível para alternar conforme a demanda e experiência do cliente. 

Caso não seja possível, crie um Instagram de loja infantil e poste bastante conteúdo. Com isso, os potenciais clientes vão aparecer organicamente. 

6. Pense no nome e na identidade visual da loja infantil

Agora que você já sabe como montar uma loja de roupas infantis, também vale pensar em toda a parte criativa do negócio. Já pesquisou por nomes para loja infantil? Como vai ser a decoração? E a identidade visual? 

Sem dúvidas, essas etapas são fundamentais para construir um branding sólido para sua nova marca. Com isso, sua empresa terá um ótimo posicionamento e ficará na mente dos consumidores. 

E ah, uma dica extra, hein? Quando estiver tudo certo, vale pensar em um evento de inauguração para que os consumidores passem a conhecer mais do seu negócio. 

E aí, curtiu saber como abrir uma loja de roupas infantis? Pode parecer uma tarefa complicada, mas, aos poucos, temos certeza que será um negócio de grande sucesso. É fundamental estar ligado nas características e tendências do setor. Por isso, pesquise bastante por referências e dicas, além de conversas com outros empreendedores do mesmo segmento. 

Agora que você já sabe como montar uma loja de roupas infantis, aproveite para navegar pelo nosso blog e conferir outras dicas para o seu empreendimento. 

Comentários

Facebook
LinkedIn
WhatsApp